Medo: Motivação ou impedimento?

Inspirada pela frase do dia no Blog do meu amigo Alex, melhor escalador de Colatina(hehehe, amigo é pra essas coisas!), resolvi escrever sobre medo(Uhhhhg que meda!).

Você está com medo. Medo não é nada além de um sentimento. Você sente calor, você sente fome, você sente raiva, você sente medo. O medo nunca pode matá-lo. Purifique sua mente do medo e acredite em si mesmo.

De onde vêm o medo?
O que é medo?
Como encará-lo?
Respostas que só podemos ter individualmente, cada um com sua verdade...
Segundo a Wikipédia (homenagem a minha amiga Fê, que me deu este lindo apelido) :
Medo é uma reação obtida a partir do contato com algum estímulo físico ou mental (interpretação, imaginação, crença) que gera uma resposta de alerta no organismo. Esta reação inicial dispara uma resposta fisiológica que libera hormônios do estresse (adrenalina, cortisol) preparando o indivíduo para lutar ou fugir.
Ao acordar às 6 da manhã, para ir escalar estamos reagindo ao instinto natural de autopreservação, e de certa forma combatendo nossos medos primários...
Como a propria definição diz, podemos fugir ou enfrentar nossos medos, para enfrenta-los além de coragem é preciso saber, conhecer nossos limites...
Passei recentemente por uma situação em que o meu medo, anulou qualquer possibilidade de reação por um longo momento, eu só conseguia pensar na merda que tinha feito em ir escalar em um lugar que eu não conhecia sem nenhuma informação que eu mesma tenha pesquisado(burra, burra, burra!!!!), sobre acesso, condição do vento e essas coisas que a gente sabe que são importantes, eu literalmente EMPAQUEI de medo, tremia tanto as mãos que mal conseguia me conter, naquele momento nenhum estimulo externo poderia me tirar daquela situação, o X da questão era EU me controlar para encontrar uma forma de sair de onde estava... Fiz todos os exercícios respiratórios que conhecia, rezei, prometi a mim mesma que nunca mais me colocaria em uma situação como aquela...
E finalmente consegui me controlar, levantei e enfrentei meu medo(lógico que não tinha outra opção, se eu pudesse sairia rapidinho dalí, hahahaha) Concluí a escalada, sem nenhum aproveitamento me odiando cada segundo e com certeza guardando para sempre aquele momento. Felizmente nada grave fisicamente me aconteceu, por sorte e muita proteção dos meus Anjinhos da Guarda!
Para mim o medo foi um impedimento, anulou qualquer possibilidade de eu aproveitar o lugar lindo que estava, e escalar, coisa que mais gosto na vida!
É lógico que outros fatores além do medo me impediram de aproveitar este dia em questão, fatores que não vem ao caso...
Todo escalador iniciante como Eu, já passou, ou vai passar por algo semelhante e acredito que o mais experientes também, pois o medo é inerente ao ser humano, não é fraqueza é apenas mais um dos sentimentos que compõem nosso emocional.
Saber trabalhar esse medo, usando mecanismos pessoais é o que nos tira das roubadas onde a gente se enfia.
Esse medo que impede, também pode servir de estimulo para superação, palavra sempre presente para quem pratica esporte, seja ele qual for. Estamos em constante superação, fisica, psicológica... Pode até ser clichê o que estou dizendo, mas não me importo! Sou mesmo uma mulher de clichês!

"A satisfação está no esforço feito para alcançar o objetivo, e não em tê-lo alcançado. "
Ghandi

Depois disso tudo, me restou uma lição...
Encontrar em mim armas para enfrentar meus medos, estudar e planejar cada escalada meticulosamente como se fosse escalar o K2 e combinar claramente o que será feito, pois como diz meu Titio Jorge, combinado não é caro!

Besos!
Me voy!

Comentários

Alex disse…
Linda postagem, lindas palavras, o medo nos faz permanecer vivos, o bom que vc tem uma cabeça legal, e com certeza só tirou coisas boas desta experiência, queria que mais mulheres tivessem sua garra e sua coragem, bjus sou seu fã
Ciça disse…
Ahhhh, amigo não vale né?! Fiquei emocionada! Me inspiro em escaladores como você pra ser cada vez melhor!(Eita rasgação de seda!!!)

Besote!

Postagens mais visitadas deste blog

A Bufa - Para o Banff 2009!!!

Mens sana in corpore sano!

Eu tô voltando pra casa...